amoratitudeautoconhecimentocomportamentodescobertasSem categoria

Para que haja fogo

posted by Juliana Garcia fevereiro 20, 2016 0 comments
fogueira

Grande desafio é ser fogo.

Quando só se encontra palha como combustível.

Daí faz-se cor, calor, energia.

Mas acaba sendo estouro luminoso que dura pouco.

Oxigênio consumido rápido.

Logo falta fôlego.

Ainda guardando no peito a imagem do fogo que poderia ser.

Na esperança fraca de que dessa vez se mantenha.

Por outro lado, deixando de apostar por cansaço.

Na real, é preciso encontrar madeira boa.

Que se entregue para gerar chama que dure.

Que banque sustentar um crepitar forte e constante.

Até que o fogo solte seus mini-vagalumes pelo ar.

Silêncio fora, tudo acontecendo dentro.

O risco de se queimar que se torna aconchego, para quem ousa fazer a travessia.

Textos Relacionados